Carolina Portella

Integrante do Teatro da Neura desde 2018, sendo atualmente também, presidenta do Instituto N de Arte e Cultura (INAC). Bacharel em Teatro pela Escola Superior Célia Helena em 2012, com curso de extensão em Performance II pela UNESP em parceria com a USP.

 

Atualmente compõe o Programa Vocacional, onde também esteve em 2019 como Artista Orientadora de Teatro. No Espaço N de Arte e Cultura foi professora de Teatro em 2019 e dirigiu a montagem de As Marquesas inspirado na obra As Três Velhas de Alejandro Jodorowsky. Nos anos de 2018 e 2017 trabalhou pela Secretaria da Cultura de São Paulo como Coordenadora Artístico Pedagógica e Arte Educadora de Teatro pelo Programa de Iniciação Artística (PIÁ).

 

Mediadora literária pela Produtora Muda Práticas há 7 anos e autora do livro infanto juvenil Ovelha Colorida, lançado em 2019 pela editora Kapulana. No Teatro da Neura atuou nas peças A Menina da Cabeça de Bola, O Menino Gigante ou Os Dez Fevereiros, Sábado de Aleluia e Pueremã, todos com direção de Antônio Nicodemo e algumas montagens direção em parceria com Ligia Berber e Cauê Drumond. 

 

Em São Paulo atuou em Pepe, o hipopótamo com Núcleo Tumulto, Barafonda pela Cia. São Jorge de Variedades, Hamlet Ex-machine pelo Coletivo 42, Otelo de William Shakespeare e O Caminho da Utopia - Jornada, texto de Tom Stoppard - direção de Paula Klein pelo SESC Consolação / Projeto Leituras, Autores e Diretores, entre outros.